Arquivo da categoria ‘Guerra’

dd8bf9a3da942e952a6b3aef350542cc_jpg_290x478_upscale_q90

Título Original: Full Metal Jacket

Gênero: Ação, Drama, Guerra, Suspense

Sinopse: Um sargento (R. Lee Ermey) treina de forma fanática e sádica os recrutas em uma base de treinamentos, na intenção de transformá-los em máquinas de guerra para combater na Guerra do Vietnã. Após serem transformados em fuzileiros navais, eles são enviados para a guerra quando lá chegam se deparam com seus horrores.

Para comemorar os 25 anos do lançamento de Nascidos Para Matar, tomei vergonha na cara e fui assistir esse longa pela primeira vez, sem saber sobre o que se tratava.

nascido-para-matar

Logo no começo já somos introduzidos há um sargento que eu achei muito engraçado, bem estilo Capitão Nascimento, que fica gritando impondo seu poder. Também conhecemos o Soldado Hilário ( apelido dado pela coragem de fazer uma piada com o sargento) e ao soldado Pyle que é um gordinho todo atrapalhado.

Um pouco menos da metade do filme se passa na preparação dos soldados para a guerra do Vietnã, mostra como é a organização, e de uma forma que achei muito divertida, estava achando até então que era um filme de comédia.

afull2

Depois de enviarem o soldado Hilário para a guerra do Vietnã como correspondente, dai a cara do filme muda totalmente. O clima fica realmente de guerra, mostra coisas engraçadas também, como as mulheres vendendo o corpo por um preço muito baixo e o roubo de objetos.

full-metal-jacket1

A hora que eles estão em combate, você vê a falta de experiência e tensão de alguns soldados e a tentativa de estratégia do comandante, como é difícil tomar decisões nesses momentos tão difíceis, o caos que é estar lá no meio, e isso com o soldado Hilário tirando fotos e anotando tudo.

O que deixou o longa bem mais emocionante foi a trilha sonora, com músicas como Surfin’ Bird do The Trashmen e termina com Paint it Black do Rolling Stones.

nascido para matar5

Com um final bem simples, o filme demonstra uma guerra de um jeito que eu nunca tinha visto em outro longa. De uma forma que eu me empolguei, dei risada, fiquei tenso. Foi uma experiência única. Uma obra-prima de Stanley Kubrick.

Nota: 10

Trailer:

37c8352e434310c3c9e0fa722add5a97_jpg_290x478_upscale_q90

Gênero:Ação, Fantasia, Faroeste, Ficção, Ficção Científica , Guerra

Direção:Jon Favreau

Sinopse: Território do Arizona. Um estranho (Daniel Craig) sem memória chega na desértica cidade de Absolution. A única referência ao seu passado é um misterioso grilhão em um dos seus pulsos. O que ele descobre é que a população de Absolution não gosta de forasteiros, e ninguém na cidade se move sem a permissão do intransigente Coronel Dolarhyde (Harrison Ford). É uma cidade que teme.Mas Absolution está prestes a experimentar um medo que mal compreende, quando a cidade é atacada por saqueadores do espaço. Avançando com luzes cegantes e abduzindo incautos com velocidade insana, esses monstros desafiam tudo o que os residentes conhecem.
Agora, o estranho que eles rejeitaram é a única esperança de salvação. Esse pistoleiro aos poucos rememora quem é e onde esteve, e percebe que detém um segredo que pode dar à cidade uma chance contra a força alienígena. Com a ajuda da esquiva viajante Ella (Olivia Wilde), ele reúne um grupo de antigos oponentes – cidadãos, foras-da-lei, apaches, Dolarhyde e seus capangas – para evitar a aniquilação. Unidos contra o inimigo comum, eles se preparam para um confronto épico por sobrevivência.

COWBOYS AND ALIENS

Cowboys and Aliens é baseado na graphic novel de Scott Mitchell Rosenberg, e é um dos filmes mais esperados do ano, ainda mais com apresentação dos trailer e do elenco, foi esperando um grande blockbuster. O diretor é o mesmo do Homem de Ferro, Jon Favreau aqui não acertou tão bem na medida, foi mais para o fracasso do Demolidor. Incrível como uma história que tinha tanto potencial pode ser tão prejudicada pelo diretor, o filme em algumas horas é confuso, você fica meio perdido com os acontecimentos, e algumas cenas de ação tiveram um fatos extremamente bizarros, como o aliens voar muito rápido e o cavalo conseguir ganhar dele na corrida.

Cowboys-Aliens

O filme tem como pontos positivos ótimos cenários de faroeste, grandes e belos desertos, que são bem aproveitados pela boa fotografia que o longa tem. Além disso os efeitos especiais são muito bons, rajadas de luz e os aliens são os que mais me agradaram nesses efeitos.

cowboys_and_aliens_04-535x3601

Daniel Craig faz o papel principal do cowboy Zeke Johnson, que é um personagem que perde a memória e vai se descobrindo no decorrer da história, e fico impressionado com o Craig fez isso bem, sua transformação no personagem, a caracterização mesmo, ficou muito boa, mudei meus conceitos sobre ele. Harrison Ford faz o coronel Woodrow Dolarhyde e também faz muito bem seu papel, as vezes chamando bastante atenção, ele faz um personagem bem durão, mas você vê a atuação dele você se diverte. E a Olivia Wilde que faz a viajante Ella, essa dai não se destaca quanto os outros dois, mas sua interpretação também é muito boa, gostei do jeito que ela encarnou a personagem.

Cowboys e Aliens Clube do Filme Blog 014

Cowboys and Aliens é um filme que diverte pelos efeitos especiais e pelo seu elenco, mas como história em si é meio confuso e sem pé nem cabeça, não convence tanto quanto deveria e decepciona muito para quem esperava pelo longa

Nota: 7
cowboys-and-aliens-big