Arquivo da categoria ‘Romance’

b1b065c158746c169da831c317798e8b_jpg_290x478_upscale_q90

Título Original: Rocky

Gênero:
Drama, Esporte, Romance

Sinopse: Rocky Balboa (Sylvester Stallone), um lutador de boxe medíocre que trabalha como “cobrador” de um agiota, tem a chance de enfrentar Apollo Creed (Carl Weathers), o campeão mundial dos pesos-pesados, que teve a idéia de dar oportunidade a um desconhecido como um golpe publicitário.
Mas Rocky decide treinar de modo intensivo, sonhando apenas em terminar a luta sem ter sido nocauteado pelo campeão.

1245102460_rocky01

John G. Avildsen é o diretor desse longa que na verdade foi o que o consagrou, só que ele fez depois outro filme conhecido por muitos ( Karate Kid). Essa consagração não veio a toda, Rocky é um filme extremamente empolgante, a imersão na história é impressionante, e a integração dos atores com seus papéis é algo que eu vi poucas vezes em filmes. Além disso o diretor consegue trazer cenas que são lembradas até hoje, com a do treino do Rocky correndo tocando a trilha de “Gonna Fly Now”, essa cena naquele momento do filme é realmente épica, é de deixar o espectador maluco.

1245102458_rocky07

Roteiro é feito pelo Silvester Stallone, que também é o ator principal, e que roteiro, que imersão dos personagens, não na história, mas em suas características. Além disso, parece que nada foi por acaso, a alternativa que ele criou de um lutador desconhecido lutar contra o campeão mundial foi uma idéia brilhante, gostei muito. A história por traz do filme é bem interessante, o Stallone só aceitou que usassem o roteiro do Rocky, e fosse ele mesmo que interpretasse o ator principal, depois de muitos diálogos, ele conseguiu convencer que ele fizesse o papel do Rocky Balboa. Foi um ótimo trabalho de roteiro. E como atuação foi incrível também, gostei muito das partes em que ele dava entrevista na televisão, que ele se mostrava bem tímido, e durante o treinamento, que ele se mostrava guerreiro. Seu personagem é bem divertido, porque ele é um brutamontes e as vezes querendo se mostrar sentimental, mas não consegue, bem típico de lutador, por isso a indicação ao Oscar de melhor ator. Stallone fez seu personagem mais icônico, Rocky Balboa ficou ideal para ele.

1245102457_rocky04

Talia Shire que faz a Adrian, namorada do Rocky, também tem uma ótima interpretação, seu personagem é muito tímido, mas que vai se revelando durante o filme. É um crescimento muito grande do personagem em 2h de filme, e ela faz isso muito bem, parece outra atriz do começo do filme e do final. Burt Young faz o Paulie, irmão da Adrian, é um cara que ajuda o Rocky, e é meio louco, as vezes você curte ele no filme e outras você fica louco de raiva com ele, é engraçado esses dois pólos que ele faz você sentir em relação a ele. Burgess Meredith faz o papel do Mickey, o treinador e empresário do Rocky, e para mim ele é o personagem mais F*D*P* que já vi em um filme, bem não posso dar spoiler, mas quando vocês verem o filme vão entender, mas depois ele se redime e ajuda bastante o personagem. Acabei gostando do personagem no final.

1245102459_rocky02

Rocky Balboa é um filme épico, com ótimas atuações, ótima história, ótima trilha sonora e ótimo roteiro, ainda mais para um filme de 1976. Para quem gosta de filme de drama, esse é um prato cheio, fiquei empolgado para ver os outros. O único defeito do filme é que a luta poderia durar mais, ficaria ainda mais emocionante

Nota: 9,5

Anúncios

71021_assassinos por

Título Original: Natural Born Killers

Gênero:
Ação, Drama, Policial, Romance, Suspense, Thriller

Sinopse:
Um casal como outro qualquer. Essa é a primeira impressão que se tem ao conhecemos Mickey e Mallory, duas pessoas que conseguiram a atenção da mídia matando pessoas, muitas pessoas. Transformados numa versão de Bonnie e Clyde mais violentos, os dois, vítimas de infâncias conturbadas, tornam-se foras-da-lei, amantes e assassinos seriais. O casal viaja pela Rota 66 conduzindo matanças não por dinheiro, nem por vingança, apenas por curtição. Glorificados pelos veículos de notícias, tornam-se lendários por meio dos depoimentos das únicas pessoas que sobrevivem aos seus ataques.

Assassinos Por Natureza

Dirigido pelo glorioso Oliver Stone, conhecido também por seus trabalhos em “Wall Street – Poder e Cobiça ” e em “Platoon”, é realmente um bom diretor pelos pouco trabalhos que vi dele, e pra mim esse foi o melhor dos que eu assisti. É de uma genialidade artística que poucas vezes eu vi. A primeira cena para alguns pode parecer algo bizarro, mas é de um tom irônico, com uma arte audiovisual assim única. Não só isso como seus tons meio sombrios, como nas cenas finais, dão um ar mais macabro nas cenas em que são necessário para dar um maior suspense. O roteiro teve ajuda de Quentin Tarantino, então já imaginam algo de qualidade, tanto que você assistindo, dá para reparar em muitos detalhes do Tarantino, os personagens, até a trilha sonora é bem Tarantino.

cagnetti

Estrelado por Woody Harrelson, que faz o papel de Mickey Knox, um assassino carismático e louco, e isso ele faz com uma qualidade muito boa, não é uma interpretação brilhante, mas agrada muito. Juliette Lewis, linda como sempre, faz um ótimo trabalho como Mallory Knox, que também é uma louca assassina que era abusada pelo pai e foi descoberta sem querer pelo Mickey. Robert Downey Jr. faz o papel de um jornalista Wayne Gale, que faz de tudo para conseguir entrevistar as pessoas que mais estão sendo faladas na mídia, seu papel é hilário e ele atua até que bem ,mas não se compara a sua interpretação como Tony Stark no Homem de Ferro. Temos Tommy Lee Jones como o delegado da prisão Warden Dwight, e esse sim é um cara fanfarrão, que quando fica bravo, esbraveja mesmo sua raiva, é o personagem mais engraçado do filme. Por ultimo, Tom Sizemore fazendo o detetive Jack Scagnetti, também atuando bem.

wayne gale

Assassinos por Natureza é um dos melhores filmes que eu já vi, tanto pelo seu tom artístico, como pelo seu roteiro, trabalho de direção, trilha sonora, atuações divertidas e misturar vários gêneros de filme num só e fazer isso muito bem. O fato de ter personagens carismáticos fazem você gostar mais da trama e dificilmente você não vai gosta desse filme.

Nota:10

1268683211_apertem_os_cintos_o_piloto_sumiu__capadvdbrasil

Título Original: Airplane!

Gênero: Comédia, Romance

Sinopse:
Ted Striker (Robert Hays) é um piloto ex-combatente forçado a assumir os controles de um avião quando a tripulação sucumbe à comida contaminada. Elaine (Julie Hagerty), sua namorada, tem de ser aeromoça e co-piloto, mas existe um problema: ele é neurótico

1249580671_l_80339_a60b8f75

Dirigido pelos irmão Zucker, um dos seus primeiros longas, e com certeza é considerado um clássico pra comédia, que inspirou outros filmes da época como Loucademia de Policia e Corra que a Policia vem aí. O estilo de comédia que eles utilizam, é um que particularmente eu gosto muito, que é fazer brincadeiras a todo segundo do filme, sempre que surge uma oportunidade eles fazem uma piadinha, umas ficam até meio escondidas, tem que prestar atenção para acabar vendo. Além disso, ele acabou inventando uma piada que ficou eternizada nesse filme que é a do piloto automático.

1268683212_apertemoscintos

O legal também que ele aproveita do trash mesmo que eram feitas algumas cenas antigas e faz brincadeiras, por exemplo, cena de um dialogo em um carro, sempre o fundo era computadorizado, com um caminho sendo percorrido, dai ele faz uma brincadeira, com o carro totalmente desgovernado no fundo, e os atores conversando normalmente.

apertem02

De tantos atores que fazem esse filme, é legal chamar atenção pela participação do Leslie Nielsen, que depois dela, um dos diretores pegou e fez dele o Frank Drebin. O engraçado do Nielsen que ele faz suas piadas e não perde a seriedade, e ainda por cima ele é um ator que tem carisma, por isso conseguiu tanto sucesso em suas comédias, um dos melhores atores que já vi nesse ramo.

1249580670_l_80339_6dd7ec18

Não tem muito o que dizer de Apertem os Cintos… O Piloto Sumiu, só que é uma chuva de piadas, que quem gosta de filmes dos anos 80, e não liga para só assistir um filme com piadas bem clássicas, é uma boa pedida. Meu é um longa para você relaxar e dar boas risadas. Eu gostei muito.

Nota: 9

Titanic

Publicado: junho 22, 2011 em Aventura, Drama, Filmes, História, Romance

01417422c8ab38876801a457f7004c89_1_jpg_195x289_upscale_q90

Título Original: Titanic

Gênero:
Aventura, Drama, História, Romance

Sinopse: Uma expedição aos destroços do Titanic leva uma sobrevivente do naufrágio a relembrar uma grande história de amor que viveu no navio. Em 1912, na única viagem do que então era o maior navio já construído, Rose (Winslet) é uma jovem da alta sociedade prestes a se casar com seu rico noivo. Mas a bordo do Titanic ela conhece Jack Dawson (DiCaprio), um jovem simples e aventureiro, e se apaixona pelo rapaz. As diferenças sociais fazem com que muitos se oponham ao relacionamento que surge. Em meio ao intenso romance e à rebeldia dos dois, acontece o trágico acidente, que eles enfrentam juntos.

Depois de muitos pedidos de um amigo meu ( @victorpiacenti) finalmente resolvi assisti, esse que é um dos 3 maiores vencedores do Oscar.

titanic

James Cameron é um gênio, isso é inegável, um dia pesquisei um pouco sobre o trabalho dele, e ele faz loucuras por coisas pequenas em seus filmes, ele gosta de tudo do jeito que ele quer, admiro muito ele por sua criatividade, mas como roteirista, só faz o básico, e em Titanic é a mesma coisa, roteiro bem simples, mas a magia vem com seu trabalho como diretor, e que trabalho. James Cameron consegue fazer um dos elencos com a maior sinergia que eu já vi, não só isso, mas as câmeras que ele usa, algumas você percebe que ele usou como referência de outros filmes, é de um trabalho técnico perfeito. O mais mágico que Cameron fez foi transformar várias cenas desse filme em cenas épicas, memoráveis, isso faz também o longa ser único e especial.

Titanic(230910120636)Titanic_5

A trilha sonora que acompanha todo o longa é magnifica, tão bem encaixada, que as emoções no filme são mais fortes, graças a trilha muito bem escolhida. Além disso, todo figurino, cenário, estão muito bem feitos realmente, os Oscars que esse filme recebeu foram bem dados.

1305835837_titanic_12884_medium

Leonardo DiCaprio e Kate Winslet fazem um dos melhores casais já feitos em um filme, a combinação dos dois é muito perfeita, e isso se valoriza muito bela boa atuação de ambos, puxo um pouco pro lado da Kate, que no começo achei que ela ia fazer um papel chato, mas não, em algumas cenas, mesmo sem ela dizer nada, seu rosto demonstrava seus sentimentos, uma sensação tão forte assim numa atuação eu só tinha visto uma vez, com a Sandra Bullock em “Um Sonho Possível” . Não só eles, mas o elenco inteiro de atores estão muito bem.

1305835837_titanic_12883_medium

Se formos dividir o filme em 2 partes, ou seja, antes do navio bater no iceberg e depois, dá praticamente o mesmo tempo de filme ( 1h30), a primeira parte, é perfeita, é o tempo de explicar como era a vida do Jack e da Rose antes de se conhecerem, como era o comportamento, depois como eles se conheceram e porque um começou a gostar do outro, esse desenvolvimento na primeira parte do filme é perfeita. Já a segunda parte do filme é a mais agitada, mas achei exagerado todo esse tempo de tensão, eu fiquei cansado até, tinha partes desnecessárias, que poderiam deixar as cenas mais rápidas e passar ainda mais a tensão que o James Cameron queria.

1305835841_00296

Titanic me surpreendeu positivamente tanto no técnico como no emocional, filme ganhador de 11 Oscars merecidos, talvez até merecia mais, pelo fato da Kate Winslet não ter ganho de melhor atriz, mas digo pra vocês, é um filme obrigatório para todos que gostam de cinema.

Nota:9,5

Sexo Sem Compromisso

Publicado: maio 5, 2011 em Comédia, Filmes, Romance

1295402081_sexosemcompromissocartazportugal

Título Original: No Strings Attached

Gênero:
Comédia, Romance

Sinopse: Adam (Ashton Kutcher) ainda sente o fato de ter sido chutado por Vanessa (Ophelia Lovibond), sua namorada por oito meses. Para piorar a situação, descobre que ela é a nova namorada de seu pai, Alvin (Kevin Kline), um astro da TV. Desejando esquecê-la e seguir em frente, ele fica bêbado e, em seguida, liga para todas as mulheres que tem no celular, no intuito de encontrar companhia. Quem responde o apelo é Emma (Natalie Portman), uma jovem médica com quem encontrou algumas vezes, anos atrás. Adam vai à casa dela e eles acabam transando. Como Emma não deseja ter um relacionamento sério, já que teme sofrer, propõe a Adam que se encontrem tendo o sexo como único objetivo. Ele topa mas, com o tempo, novos sentimentos florescem entre eles.

1295402080_sexosemcompromisso9

Após o lançamento de Cisne Negro, o pós filme que se falava da Natalie Portman seria "Sexo Sem Compromisso", e trazia uma atriz tão sensual quanto em seu trabalho vencedor do Oscar, eu como curioso e novo fã da Natalie tinha que ver esse longa.

1295402080_sexosemcompromisso7

Dificilmente um filme de comédia/romantica tem um bom roteiro, diriamos que esse tem uma boa idéia, mas não foi bem aprofundada, e acabou caindo num clichê durante o meio do filme, mas na primeira meia hora, trazia uma história diferente, que podia até se tornar um novo "500 Dias com ela" ou "Namorados Para Sempre", mas infelizmente não foi continuo esse pique. O diretor Ivan Reitman, que eu respeito por ter dirigido " Os Caça-Fantasmas", aqui até que faz um bom uso de cenários, escolhe bons atores, mas falha em algo principal: Na trilha sonora. Faltou músicas romanticas nesse filme, faltou aquela trilha que logo que você quer ouvir depois de ter assistido. Isso fez Sexo Sem Compromisso perder um pouco a mágia.

1295402078_sexosemcompromisso1

Ashton Kutcher é o ator principal, é a partir dele que a história começa, e ele tem um problema aqui que ele está totalmente sem graça, a atuação dele não é ruim, mas o filme tem algumas pitadas de comédia e ele não te faz querer rir, faltou isso. Já a Natalie Portman mais uma vez brilhante, não como em Cisne Negro é claro, mas a cada filme que vejo dela ela mostra uma faceta diferente. Não conseguia imagina-lá fazendo papel de uma louca por sexo, nem uma coração duro, e ela transformou essa idéia na minha cabeça depois de ver esse seu trabalho, além disso ao contrario do Kutcher, ela ainda consegue ser engraçada nas partes em que é preciso, realmente uma atriz completa. Os Coadjuvantes também são bem divertidos como Ludacris, Kevin Kline e Adhir Kalyan ( O indiano da série Alien in America).

1295402080_sexosemcompromisso2

Sexo Sem Compromisso é um filme previsível, mas não deixa de ser emocionante graças as atuações de todo seu elenco, principalmente dos atores principais. O casal não é daqueles tão marcantes, mas tem uma quimica sim e convencem. É um filme muito bonito, que perde um pouco o seu brilho por falta de alguns detalhes básicos. Pra quem gosta de comédias românticas, recomendo!

Nota: 7,5/10

Fonte da Vida

Publicado: fevereiro 11, 2011 em Drama, Ficção Científica, Filmes, Romance

0701a3d07f1ebc791e359ce75483dcb4_jpg_195x289_upscale_q90

 

Título Original: The Fountain


Gênero:
Drama, Ficção Científica, Romance

Sinopse: Na Espanha do século 16, o navegador Tomas Creo parte para o Novo Mundo em busca da lendária árvore da vida. Nos tempos atuais a mulher do pesquisador Tommy Creo está morrendo de câncer, mas ele busca desesperadamente a cura que pode salvá-la. Uma terceira história une as duas primeiras: no século 26, o astronauta Tom finalmente consegue a resposta para as questões fundamentais da existência

tumblr_l4e2sdRW4U1qzncs4o1_500  

Darren Aronofsky é considerado para muitos um gênio, em “The Fountain” ele desmonstra muito disso. Aqui ele é diretor e participa do roteiro, que é cheio de simbolismo, cheio de idéias que ele deixa para você espectador pensar o que você acha que é, no que você acredita. Desse jeito, alguns acabam não gostando do longa, por conta de não responder tudo que você quer,  ou não entendem alguns simbolos, acho que o grande charme é isso, você poder interpretar o filme do jeito que você quer.

22_mhg_fonte

A direção do Aronofsky é sempre ótima, mas seu trabalho com os atores nesse filme foi o mais fraco dos que eu já vi dele, não que tem más atuações, mas nenhuma é tão brilhante, como nos outros filmes dele. Hugh Jackman estrela esse filme fazendo 3 papéis, um em especial eu acho que ele realmente surpreendeu é na parte que ele faz um médico, lá ele é bem mais dramático, dai ele desponta suas qualidades. Junto com Hugh, também como principal tem a atriz Rachel Weisz com 2 personagens, mas ela atua muito bem em ambos.

fonte

A trilha sonora é muito boa, combina muito com o decorrer da história e além disso tem os efeitos especiais que são muito bonitos, apesar de que hoje em dia se fazem coisas bem melhores.

Gostar de “Fonte da Vida” depende muito do tipo de pessoa que está vendo o filme, pra quem consegue enchergar os simbolos e tudo mais do filme, o longa pode ser uma experiência fantástica. Assistam, você pode se surpreender.

Nota:10/10

Deixa Ela Entrar

Publicado: fevereiro 8, 2011 em Drama, Filmes, Romance, Terror, Thriller

eab188bdde26cec06c78df27da2acc73_jpg_195x289_upscale_q90
Título Original: Låt den rätte komma in

Gênero:Drama, Romance, Terror, Thriller

Sinopse: A história é ambientada no subúrbio de Estocolmo, em 1982. Oskar (Kåre Hedebrant), um frágil garoto de 12 anos sempre atormentado pelos colegas de escola, sonha com vingança. Ele apaixona-se por Eli (Lina Leandersson), garota bonita e peculiar que, aparentemente, é uma vampira, já que não suporta o sol ou a comida. Eli dá a Oskar força para lutar, mas o menino é colocado frente a um impasse quando percebe que ela precisa beber o sangue de outros para sobreviver: até onde pode o amor perdoar?

deixe-ela-entrar (1)  

Dizem que o cinema sueco é promissor, isso eu já não posso dizer que é mesmo ou não, mas Deixe ela Entrar prova que lá pelo menos fizeram um ótimo filme. Contando uma história de vampiro bem diferente das tradicionais e das que são contadas atualmente, ela tem um roteiro muito bem escrito e realmente ele é ousado.É bem diferente ter um vampiro que não mostra as suas presas, e não era preciso, a atuação da atriz mirim já dá a entender só pelo seu jeito que ela é uma vampira.

Deixe Ela Entrar 12

Falando em atuação acho que falar de atores mirins é bem mais dificil, mas digo com firmeza que as 2 crianças protagonistas atuam muito bem. A menina principalmente usa muito a expressão facial e realmente arraza, tem futuro com certeza. Os 2 conseguem um ponto muito positivo porque eles atraem o publico pra eles, deixam a história atrativa, pois querendo ou não eles são muito carismáticos.

Não posso deixar passar que a fotografia é brilhante, o que mais me chamou atenção são nas cenas de neve, que são muito bonitas e diferente de outros filmes que eu já vi, achei muito bem feitas.

deixa ela entrar

Deixa Ela Entrar é um ótimo filme sobre vampiros, ótimo filme de romance e é um otimo drama também. A história é bem atrativa e faz a hora passar rápido. Recomendo!

Nota:9/10