Arquivo da categoria ‘Rapidinhas Música’

Primeiro post da série “Melhores Momentos 2011” falarei do que eu ouvi mais nesse ano de 2011, sendo novidades e o que continuei ouvindo dos outros anos.

Como é de praxe em todos os anos, ouvi muito Blink-182, Daughtry, Foo Fighters, Millencolin, New Found Glory. Os três primeiros por exemplo tiveram uma preferência também por causa que as bandas lançaram álbuns novos. O do blink-182 foi especial, porque fez esse blog estourar de visitas graças a indicação que o site da MTV. Alias esse álbum foi muito esperado e me agradou, sinceramente não esperava algo do gênero, só que tenho que dizer infelizmente que não é mais o blink-182 que eu era viciado na minha adolescência, não se é porque eu amadureci ou acabei enjoando mesmo.

Daughtry foi a banda que eu mais ouvi em 2011, ainda mais no 2o. semestre, fiquei empolgado com o lançamento do novo álbum e ouvia sem parar, é incrível como eu não enjôo das músicas. Foo Fighters também veio com seu álbum Wasting Light que na primeira vez que eu ouvi não acostumei, hoje acho um disco foda.

Esse ano também eu acabei ficando bem mais eclético, voltei aos tempos de infância e ouvi muito Claudinho e Buchecha e Cidade Negra. Além disso conheci algumas bandas que marcaram meu 2011, como The Script, Current Swell, Alpha Rev e Fuel. E graças ao espírito do Rock in Rio, ouvi bastante as bandas clássicas: Queen, Metallica, AC/DC e Guns N’ Roses.

Fazer uma pequena playlist das músicas que pra mim mais me marcaram esse ano:

blink-182 – Heart’s All Gone

Foo Fighters – Walk

Daughtry – Crawling Back To You

Claudinho e Buchecha – Nosso Sonho

Cidade Negra – O Girassol

The Script – The Man Who Can’t Be Moved

Current Swell – Chestermans Valley

Fuel – Shimmer

Alpha Rev – New Morning

AC/DC – TNT

Guns N’ Roses – Sweet Child O’ Mine

Queen – Bohemian Rhapsody

Metallica – Battery

SIAM SHADE – No Junjou Na Kanjou

Robbie Williams – Let Me Entertain You

Móveis Coloniais de Acaju – O Tempo

Dido – If I Rise ( Trilha do filme 127 Horas)

Five For Fighting – Chances

Quero comentários de vocês. O que vocês mais ouviram em 2011. Comentem!

Liberada já a algum tempo, agora a música Radiosurgery tem um clipe. Eu achei bem a cara da banda mesmo, ficou bom.
O álbum com o mesmo nome sai dia 4 de outubro. Se for do nível dessa música, ou do ultimo disco, com certeza será outro ótimo Cd da banda.
Confira abaixo o clipe:

folder

Alguns não esperavam, mas hoje, dia 14/09/2011 acabou vazando na rede o novo albúm da banda blink-182, o Neighborhoods. E sim, já ouvimos!

Sinceramente, diferente dos outros fãs da banda, eu não estava tão animado com o Cd, não achava que seria tão bom, porém me surpreendi positivamente. Depois que a banda tinha feito um hiatus, os integrantes acabaram montando duas bandas, o Angels and Airwaves e o +44. Expliquei isso porque o que melhor define Neighborhoods é a mistura dos dois trabalhos, algumas músicas lembram muito o que foi feito no +44, outras lembram o Angels, e outras lembram mesmo o blink-182, aquele bem punk, tipo do álbum Dude Ranch.

O fato é que, é um disco mais maduro que todos os outros, a banda juntou todas as experiências de vida, até com as bandas paralelas, e fez esse album em homenagem aos fãs, que nunca deixaram de gostar de banda, torceram muito para que eles voltassem, e esperaram 8 anos por esse trabalho. E ainda digo, compensou a espera.

Segue o link para download: http://newalbumreleases.net/39688/blink-182-neighborhoods-deluxe-edition-2011/

katy_perry (1)

Sempre é discutido quem é o substituto do Michael Jackson e da Madonna na música pop atual, da Madonna é muito falado que sua substituta direta é a Lady Gaga, ainda mais o jeito de ser das duas é muito parecido.

Daí em relação ao Michael Jackson, é muito falado que quem o substitui é o Justin Bieber, mas defendo muito algo que foi dito no site do Judão que a Katy Perry é a real substituta do rei do pop. Não só pelo fato de que a Katy Perry conseguiu igualar o recorde de colocar 5 músicas do mesmo CD no topo da Billboard (“California Gurls”, “Teenage Dream”, “Firework”, “E.T” e “Last Friday Night (T.G.I.F.), mas também pelo fato da Katy Perry ter bem menos haters do que o Justin Bieber.

Em comparação as músicas e ao carisma também a diferença é grande, difícil você ver a Katy Perry sendo grosseira com os fãs, e hoje em dia o “boom” que o Justin Bieber causou já está diminuindo, a Katy Perry ainda se mantém com suas músicas. Apesar da legião de fãs freak do Justin Bieber ser maior, a tendência é da Katy Perry ser a considerada “Rainha Pop” dessa geração.

Katy-Perry-Divulgação5

Agora vamos ver se ela consegue superar a marca do Michael Jackson com uma sexta música na Billboard, minha torcida é grande por isso.